domingo, 7 de março de 2010


Árvore vermelha
1908
Piet Mondrian

6 comentários:

nina rizzi disse...

"OH, MEU DEUS", assim eu, ateia convicta, fico até religiosa e... MAIÚSCULA... é uma das minhas obras-primas: eu telúrica.

obrigada, camarada, obrigada. assim vejo crescer em minhas árvores-pernas, um amor que dura tudos...

TCA disse...

um génio!

Mirse Maria disse...

Uma obra e tanto!

Piet Mondrian, soube escolher o símbolo da vida, em cores e formas fantásticas!

Parabéns, Moacy!

Beijos

Mirse

Carmem Salazar disse...

maravilhoso... salve Mondrian!

Priscila Lopes disse...

Adoro Mondrian.
Olha, olha o desespero;
a dor que insurge ramificada.

Sandra Leite disse...

voltei no dia certo.

saudades