segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Poema digital
de
E. M. MELO E CASTRO
(Portugal)

6 comentários:

luliX pandaglia disse...

Lindooo!!! Impactante!!!
Bjs,

Vieira Calado disse...

Também faço digitais... mas com poemas lá dentro.

Se quiser pode ver o meu blog, umas postagens abaixo há vários exemplos.

Bjs

Reflexo d Alma disse...

Vim conhecer teu blog
e
deixar bjins e minha provocação...
" Mas só percebe
quem aceita a
pro-
vo-
ca-
ção...

Catiaho/ Reflexo d' Alma entre delírios e delírios

Mirse Maria disse...

Belíssima arte!

E, M. Parabéns!

Beijos e gratidão, Moa!

Mirse

Rui Luís Lima disse...

Neste poema digital vive um universo de palavras e imagens simplesmente fascinantes.
Abraço cinéfilo
Paula e Rui Lima

Marina G. disse...

Que vibrante!