domingo, 31 de janeiro de 2010

Poema visual
de
REGINA POUCHAIN
(Rio)

3 comentários:

nina rizzi disse...

uia, isso que eu chamo viajar bruto: é o que quiser. e eu quero tudos.

beijos.

Mirse Maria disse...

Uma beleza esta arte!

Regina, Parabéns!

Grata, Moacy!

Beijos

Mirse

luís filipe pereira disse...

Um prazer imenso e uma des-coberta este blog. Lindíssimo este poema visual com recessos de veludo e metafórica rugosidade entre a qual se difunde uma intensa luminosidade porosa.
Parabéns.

luís filipe pereira