domingo, 25 de janeiro de 2009

Contra-homenagem
a
VASARELY
a partir de
Vega-Nor
(1969)

Poema/processo de
Moacy Cirne

3 comentários:

rua do mundo disse...

olá, moacy
quero os dois para meu blog
posso?
estive atrapalhada amanhã te mandarei um e-mail
um beijo querido

fernando disse...

vi
não vi

sem venda
com venda

não
se
vende!

não
se
venda!

evoé, moacy!

Cosmunicando disse...

ótimo!