segunda-feira, 1 de dezembro de 2008


Império
(poema/processo, 2008)
de
Oscar Kellner Neto

9 comentários:

Círculo Literário disse...

Imagens falam, gritam , suplicam , denunciam!!!!
Bravooooo!!!!

Cosmunicando disse...

é isso aí... essa fala por si só.
muito bom

Anônimo disse...

boa Oscar.
douglas thomaz.

RUBENS GUILHERME PESENTI disse...

sem legenda... sem comentário.
perfeito!

oscar kellner netto disse...

AGRADEÇO A VC. MOACY POR INCLUIR O IMPÉRIO NO P/P.
AGRADEÇO TAMBÉM AOS COLEGAS QUE ELOGIARAM O POEMA.
ABRAÇOS A TODOS.

Pavitra disse...


bem que falam por aí que listras engordam... rs

ótimo!!

orlando pinhº d-silva disse...

poema
"fala"
por sí
ilustra
uma tese

bravo
oscar kellner
salve
moacy

Carmem Salazar disse...

Muito legal esse blog, Moacy... Só coisa boa!

Clara Mazini disse...

Está tudo aí, escondido e exposto.
Gostei demais.