terça-feira, 10 de junho de 2008


(1) Poemics

de
ALVARO DE SÁ
(1991)

(2) Versão/leitura
de
Moacy Cirne
(2008)

6 comentários:

pcso lotto disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Regina disse...

Moacy,

Muito legal a presença do Álvaro, agora revigorada por suas cores.

Beijo carinhoso,
Regina

Anônimo disse...

EXCELENTE(!!!) trabalho do ÁLVARO.
Bela versão do MOACY.
PARABÉNS P/ AMBOS.
Avelino de Araujo

amir brito cadôr disse...

Oi Moacy,

parabéns pelo blog, eu sempre volto a ele.

quero te pedir um favor, você tem contato com o José de Arimatéia? pode me passar?
um abraço

Amir

Joaquim Branco disse...

Este blog do poema processo está cada vez mais completo. Agora, com esta homenagem ao grande artista que foi o Álvaro de Sá, mais ainda.
Parabéns também ao Moacy pela contribuição. Abraços.

sandra camurça disse...

Lindolindo!
Beijos.
PS: olha, tenho visitado e postado pouco porque tou sem computador.