terça-feira, 21 de agosto de 2007


Poema/Processo
de
JOSÉ ARIMATHÉA
(Minas, 1969)

arte/política/educação

8 comentários:

Sandra Leite disse...

lentamente, quase se descortinando...bem mineirim mesmo:-)
lindo!

sandra camurça disse...

Peraí, eu entendi? É uma impressão digital sendo substituída pela letra...Sensacional!

Um beijo.

Ju*estrela* disse...

Ei Moacy... qta honra receber sua visita em meu blog. Volte sempre.
Voltarei aqui tb. Gosto de arte, cultura, poesia... e aqui tem.
abs.

Moacy Cirne disse...

Sim, SANDRA pernambucana, é uma impressão digital (infelizmente, a reprodução não é das melhores) sendo,lentamente, sedo substituída pelo "A". Um beijo.

Casti disse...

Mestre Cirne, perfeitas msgs visuais.

Bjão,
Casti

Catellius disse...

Muuuuito massa!

Anônimo disse...

Esse eu já conhecia, é realmente muito bom, extremamente criativo.



Victor Az

Renato Couto disse...

Esse eu lembro...de uma revista que meu amigo Fialho me deu faz tempo...