sábado, 21 de julho de 2007


Projeto de fachada para uma Cidade:
A ARTE ARGENTINA DE
ALEJANDRO XUL SOLAR
(1887-1963).
Entre a astrologia e as ciências ocultas,
o surrealismo e (sobretudo) o fantástico,
Xul Solar construiu uma obra bastante estranha
para os padrões estéticos da arte acadêmica.
Decerto, não se trata de Poema/Processo.
Mas este Projeto abre espaço gráfico
para as aventuras semiológicas da arte experimentária.

3 comentários:

Conciencia Personal disse...

Un saludo mexicano.

Monique.

Sandra Leite disse...

adorei.

E viva o bom gosto!
bjs,

Sandra

sandra camurça disse...

Muito bom, Moacy!
Não conhecia este artista. E que sobrenome maravilhoso: Xul Solar...

Beijos.