quinta-feira, 26 de julho de 2007


Mais uma vez Minas Gerais.
Agora através do poema de
RONALDO WERNECK.
Mais uma vez a leitura
cromático-semiótica-dionisíaca
de Regina Pouchain
no Lambuja.

2 comentários: